Entre todas as coisas

17.4.17



Sei que já deve ser cansativo encontrar rascunhos intermináveis sobre amor jogados no meu quarto. Mas talvez eu não saiba escrever outra coisa. É besteira de gente apaixonada. Nem precisa me lembrar. A verdade é que eu enxergo amor em tudo, até onde não tem, como você sempre costuma dizer.

É que eu sou das antigas, apesar de ainda ser nova. Com meus vinte e tantos anos já transbordei de sentimentos por aí, nem todos bons, e por isso insisto em escrevê-los. Liberta a alma e mais uma porção de outras coisas que não cabem em palavras. Por isso, entre todas as coisas não ditas, mas escritas, eu insisto em escrever textos de amor. Escrever sobre você. Sobre nós. É preciso extravasar de alguma forma, mesmo que seja em palavras, se não explodimos. 

E se eu pudesse eternizar alguma coisa em toda a minha vida, essa coisa seria a expressão em seus olhos toda vez que me observa. Porque é através deles que eu sinto o que é ser amada. Eu poderia escrever mil textos, rasgar mil rascunhos mal feitos, digitar mil palavras, e ainda não seria o suficiente para descrever o seu sorriso doce, que transparece nos seus olhos, quando ninguém mais além de mim está prestando atenção.

Pensando bem, acho que eternizaria você inteiro. Todos os nossos momentos. Mas enquanto isso ainda não é possível, eu escrevo. Na esperança de que isso faça com que nós sejamos para sempre, de alguma forma. Porque as palavras, meu bem, são eternas. 

Vem ler também...

6 comentários

  1. Aaaah, quantas vezes eu fiz isso? Ou, melhor, quantas vezes eu ainda faço isso?
    Adorei. ♥

    ResponderExcluir
  2. Ahh eu me vi nesse texto,faço isso até hoje rs
    Todas as minhas palavras de amor tem seu foco,mas nem sempre ele lê tudo o que escrevo :)
    Espero que seja assim para sempre,esse amor que transborda em palavras <3
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  3. Oi Jenny! É tão bom escrever esse tipo de texto, né? Fico super feliz que tenha se identificado.
    Beijooos <3

    ResponderExcluir
  4. Retipatia21/4/17 18:30

    "Mas enquanto isso ainda não é possível, eu escrevo." Escreve, escreve lindamente, e eterniza tudo nesse mundo cinza, pinta cada parte dele com suas palavras doces e sinceras. Seja ficção, seja realidade, não faz diferença, porque toda vez que eu leio algo aqui eu fico mais leve.
    Amei esse texto, você tem uma capacidade de escrever tão sucintamente de algo tão fundo e arrebatar em cada linha! <3
    ps: não esqueci da nossa ideia louca de escrevermos postagens com o mesmo tema! eheheh
    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Oi Rê! Muito obrigada pelos comentários lindos que vocês deixa por aqui haha <3 Acho que nem preciso dizer que admiro demais os teus textos, né? Já que to sempre comentando isso lá no teu blog.

    E eu to só aguardando pra começar a fazer essa postagem! ahhah
    Beijoos

    ResponderExcluir

Google+

Favoritos

Arquivo do blog

Subscribe