Campanha Gucci inspirada nos protestos de 1968 em Paris


Em Maio de 1968 a França eclodiu em protestos estudantis, que evoluiu para a greve dos trabalhadores, e ficou conhecida como a maior greve geral da Europa. O principal motivo para o início dos protestos era pedir reformas no setor educacional, mas além disso, eles também se opunham ao conservadorismo e autoritarismo da época, exigiam maior liberdade civil e debate sobre questões de gênero e sexualidade. Os protestos foram duramente reprimidos pela polícia e alguns manifestantes acabaram se dispersando. Mas outros começaram a erguer barricadas e reagir contra a força militar.

Mais informações: Nexo e SuperInteressante


E é justamente nesse clima de rebeldia e juventude que a Gucci divulgou em Fevereiro desse ano (2018) a campanha 'Dans les Rues', fotografada por Glen Luchford. Buscando retratar, de uma forma um tanto romântica - como diz no site da ID -  a vida dos estudantes naquela época, com frases rabiscadas e papeis jogados. Mas, além disso, percebe-se que buscaram ao máximo reconstruir o cenário, com cadeiras e classes empilhadas dentro de salas de aula, possivelmente representando as barricadas e a resistência aos padrões sociais rígidos que vigoravam na época.

Campanha Completa: Gucci


É importante ressaltar que moda vai além de questões estéticas e do que é visto nas passarelas. Ela está presente nas ruas, nos padrões de comportamento adotados pelas pessoas, que passam a ser conhecidos como tendência. Algo muito maior do que a cor do ano, ou a peça da estação. É uma inclinação à algo, um sentimento de movimento. É com esses comportamentos e movimentos que moda conversa, dialoga, absorve, se apropria, "bebe de sua fonte".


Tal fashion film não poderia ter vindo em momento mais oportuno. Visto que em pleno 2018 ainda é se faz necessário o diálogo sobre mais liberdade, mais igualdade, mais inclusão, mais empatia, mais tudo. Por mais que hoje se tenha muito mais abertura do que 50 anos atrás, ainda há um longo caminho a ser percorrido, cavado, barreiras a serem desconstruídas, , especialmente no mundo da moda. E aqui as marcas possuem um papel fundamental. Não apenas de vender uma imagem, um estilo de vida, um conceito. Mas de educar os seus consumidores. Incitá-los a questionar. A abrir a mente. A pensar por conta própria. Dar abertura para o diálogo e para trocas.

Me acompanhe: Instagram x Facebook x Youtube



Postar um comentário

My Instagram

Copyright © It's Kimby. Designed by OddThemes