Para ler quando estiver triste


Imagem: Pexels

Não é a quantidade de coisas que você tem. Não são os números. Não é embalagem. Não é aquela tão sonhada vaga que não alcançou.  Não são as coisas que você não consegue. Não é o sonho que você ainda não realizou. Não são os planos que não se concretizaram.

É o que você tem dentro de si. É a sua alma. A sua essência. O que você emana. Os pequenos prazeres que consegue apreciar. As conquistas que para os outros parecem pequenas, mas que para si são gigantescas. Cada um sabe das suas limitações e das suas fronteiras. 

Não é o resultado, mas a caminhada. Uma frase um tanto clichê. A verdade é que só durante a caminhada conseguimos apreciar o pôr do sol, a brisa batendo no rosto,  o ar entrando e saindo dos pulmões, o equilíbrio que colocar um pé na frente do outro trás, saber que está vivo para apreciar tudo isso. A grandiosidade do universo,  quando comparado a nós. 

Convide-se a fazer um exercício. Medite. Relaxe o corpo. Entre em sintonia com esse vasto mundo. Pegue todos os seus problemas, tudo aquilo que dói, tudo aquilo que machuca e vez ou outra parece sufocar, coloque na palma da mão, e entregue. Busque ajuda se achar necessário. Não vale à pena querer guardar tudo para si. Como escutei em uma dessas meditações guiadas, chame aquela parte de você que não quer melhorar e convide-a para bater um papo. Nós não somos feitos só de coisas boas. Só de coisas lindas. Nós somos dualidade, pluralidade. Cada um tentando dar o melhor de si dentro do possível. É preciso aprender a conviver com os sentimentos não tão bons também e buscar melhorar na medida do possível. Não se cobre tanto, nem se compare tanto. 

Nenhum empecilho surge sem um propósito. Às vezes é a vida dizendo do jeito meio torto dela que alguns caminhos não devem ser trilhados no momento. Talvez seja melhor aguardar. Não só esperar a sua hora, mas saber esperar. Aprender a ter paciência. Às vezes é tentativa e erro, no lugar de tentativa e acerto, porque cada um tem um relógio interno. As coisas acontecem em momentos diferentes, para pessoas diferentes. Talvez seja a hora de voltar um passo para trás se for necessário, buscar melhorar e evoluir internamente, para depois, andar infinito. Para finalmente ter um acerto. Ter um momento ou vários. 

      Me acompanhe: Instagram x Facebook x Youtube

19 comentários :

  1. Eu tenho visto várias pessoas ruins - ruins mesmo, de péssima índole - se dando muito bem enquanto pessoas boas vão se dando cada vez pior... Se isso me faz pensar qual dos dois é melhor, sabe? Porque ter e fazer é importante, ainda mais no mundo que a gente vive, mas SER é muito mais engrandecedor! Ser alguém bom é melhor, claro que é, do que ter tudo de bom. Então vale a pena!
    Inclusive, para ler quando estiver feliz também, né, e ficar mais feliz ainda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu tava conversando sobre isso que você disse na primeira frase com a minha mãe outro dia? E isso parece tão, mas tão errado e injusto. Mas, ainda assim, o máximo que podemos fazer é tentar ser melhor a cada dia, dentro das próprias limitações.
      Beijão Luly, e obrigada pelo comentário lindo!

      Excluir
  2. Como já cantou Roberto Carlos, é preciso saber viver!
    E a gente só aprende vivendo mesmo, erra e aprende, para valorizar tudo.
    Mas se conhecer é a melhor parte, daí tiramos o que importa mesmo.
    Bom, ninguém disse mesmo que seria fácil.
    A caminhada realmente é onde está o aprendizado, onde enxergamos o fundamental, perceber isso é um passo para a felicidade, mesmo ela sendo parcelada.
    Masss, sigamos sempre em frente...

    xero
    https://leayasnaya.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Léa, tudo?
      Muito obrigada pela visita ao meu blog e por esse comentário maravilhoso <3
      Beijão

      Excluir
  3. Outro dia li que o mal não venceu, ele apenas tem uma ótima equipe de marketing. Acho que é isso... Que lindo esse seu texto. Era real e oficial o que eu precisava ler agora. Estamos juntas!! Desculpe ter demorado tanto a conhecer seu espaço. Às vezes me perco, mas acho que tudo acontece na hora certa. Estou apaixonada por cada texto. Um beijo e espero que possa votar a escrever em breve!

    Blog Hey, Missmoon | por Neila Bahia
    Esse é um espaço onde escrevo sobre vestuário,
    títulos lindos, dicas para cuidar da Espiritualidade
    e para tornar o Cotidiano incrível.
    www.heymissmoon.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neila, tudo? Aaaaah que comentário lindo o seu também! <3
      Pretendo voltar com os posts no blog logo logo.
      E não precisa se desculpar não, fico super feliz que tenha gostado do meu cantinho!
      Beijão

      Excluir
  4. Ouvir-se é essencial e fazer uma pausa para apreciar o nosso reflexo também. Faço isso ou pelo menos tento fazer isso, ao longo do dia, respirando fundo e silenciando um pouco todos os sons e deixando o corpo em estado imóvel para me dar conta de tudo que sou, faço, ganho, perco.
    Eu acho que pequenas meditações ao longo dia-semana evita o cansaço, o streess.
    Bem, funciona comigo.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luna, concordo muito com você! Ajuda até a me manter mais disposta ao longo do dia. Beijos!

      Excluir
  5. Seu texto me lembrou muito uma frase que é dita na série Anne wih an E; não me lembro exatamente como é, mas é algo como “Não é o que o mundo reserva pra você, mas o que você trás para o mundo”. Cada pessoa tem algo a nos ensinar e a oferecer, mesmo que seja uma pessoa ~ruins~, ela pode nos ensinar a não ser como ela. Se conhecer, saber o que tem dentro de você é muito importanet para que consigamos nos ajudar e ajudar os outros.
    O texto está lindo, Kimby <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo essa frase! Desde que assisti o episódio em que ela diz isso, decidi que ia levar isso como lema pra vida. Beijão e obrigada <3

      Excluir
  6. Que texto maravilhoso! Traz muitas verdades que a gente precisa assimilar e que muitas vezes não são fáceis. Mas quando acontece, é engrandecedor. E torna a vida mais leve, porque aprendemos a não nos cobrar tanto, a não nos comparar com os outros, a nos aceitar como somos, cultivar o que é bom e melhorar o que não é tão bom.
    Esse exercício de nos olhar, nos conhecer e ser fiel a nossa essência é essencial. Adorei o texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, obrigada por esse comentário lindo! E fico super feliz em saber que gostou <3
      Beijão

      Excluir
  7. Belíssimo texto, Kimberly, parabéns! Realmente me inspirou.
    E me lembrou muito de um livro que eu li recentemente chamado "A magia do silêncio", que trata exatamente sobre apreciar os pequenos momentos; também me lembrei de uma conversa que tive com alguns amigos uns dias atrás sobre saber apreciar os momentos ruins, aprendendo mais tarde com eles e assim se melhorar cada vez mais! E assim vamos vivendo essa "coisa mágica" chamada vida *-*
    Beijinhos, boa semana e desde já, boas festas!
    Isabelle
    https://livrosgatoscafe.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle, que bom que gostou do texto! Nunca ouvi falar desse livro, vou até procurar para saber mais! Beijão e boa semana

      Excluir
  8. As caminhada nem sempre é facil, as vezes, em alguns trechos seremos obrigado a caminhar sozinhos...Estou tentando chamar aquela parte e bater um papo...
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso que você falou Alexsandra! Obrigada pelo comentário! Beijão

      Excluir
  9. Oi Kim!
    Ah que saudade desse lugar lindo e de ler seus textos.
    Adorei as palavras e achei super acertado. Apesar de hoje ser um bom dia, eu senti a 'vibração' do texto tão positiva, sabe!? Pensando em coisas que acostumamos a nos apegar e que não nos fazem bem, e principalmente sobre paciência. Não é meu forte e não falo de pequenas coisas, quero ver o resultado final quando mau comecei o passo a passo. Obrigada pelo texto, foi uma bela mensagem para o meu fim de ano, pra inspirar o que vem por aí!
    Feliz Natal e uma virada linda pra tu! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rê lindaaa, amo seus comentários, porque também sempre me fazem refletir!
      Fico super feliz em saber que gostou do meu texto <3
      E confesso que paciência também não é meu forte, geralmente costumo agir por impulso e quando começo algo já quero resultado logo.
      Beijão e um ano incrível pra ti!

      Excluir
  10. Oie!!

    Eu adorei esse post!
    Não tinha o costume de fazer isso e é um grande erro.
    Hoje eu tiro todos os dias um tempo para mim, geralmente no fim do dia. Deito, relaxo e tento prestar o máximo de atenção em mim e em meus sentimentos. Isso tem ajudado muito.

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir

My Instagram

Copyright © It's Kimby. Designed by OddThemes